Urgente

Senador Cid Gomes é baleado durante protesto no Ceará

O pedetista foi atingido no momento em que, pilotando uma retroescavadeira, tentava furar um bloqueio feito pelos policiais

SÃO PAULO – O senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado, na tarde desta quarta-feira (19), durante um protesto de policiais militares que reivindicam aumento salarial, na cidade de Sobral, no interior do Ceará.

O pedetista foi atingido no momento em que, pilotando uma retroescavadeira, tentava furar um bloqueio feito pelos policiais no batalhão da Polícia Militar. Durante a confusão, tiros foram disparados na direção de Cid e os vidros do veículo foram estilhaçados.

Segundo a assessoria de imprensa do senador, os disparos partiram de arma de fogo. Pelo Twitter, a equipe de comunicação de Cid informou que o senador foi socorrido e “passa por estabilização no Hospital do Coração de Sobral e será transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral”.

PUBLICIDADE

Irmão de Cid, o ex-governador Ciro Gomes disse que o parlamentar foi atingido por dois tiros, mas que nenhuma das balas atingiu os órgãos vitais. Segundo ele, “novos exames estão sendo feitos”, mas “Cid não corre risco de morte”.

Antes de ir a Sobral, o senador publicou um vídeo nas redes sociais criticando os protestos. “Estou indo agora para minha terra, Sobral. Chego no aeroporto às 16h e peço a aos amigos da cidade que me esperem no Aeroporto. Vamos lutar para resolver isso juntos!”, disse em sua conta no Twitter às 15h17 (horário de Brasília).

Desde o ano passado, policiais e bombeiros se organizam em busca de melhoria salarial no Ceará. Na última semana, após manifestações, o governo apresentou uma proposta de reajuste e chegou a acordo com os agentes de segurança, mas ainda há dissidências.