Senado envia mais 2 caminhões com 54 toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul

Arrecadação foi organizada pelo grupo de voluntários Liga do Bem e segue com destino à cidade de Santa Maria (RS); carga inclui cobertores, lençóis, toalhas, kits de roupas, água e produtos de limpeza e higiene

Equipe InfoMoney

Voluntários da Liga do Bem organizam roupas arrecadas na campanha SOS Rio Grande do Sul (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

Publicidade

Dois caminhões com capacidade total de 54 toneladas saíram de Brasília (DF), na segunda-feira (13), carregados de doações às vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul. A arrecadação foi organizada pelo grupo de voluntários Liga do Bem, do Senado Federal, e segue com destino à cidade de Santa Maria (RS).

A carga, que será escoltada por uma viatura e quatro policiais da Polícia do Senado até o Sul, inclui cobertores, lençóis, toalhas, kits de roupas (femininas, masculinas e infantis), água e produtos de limpeza e higiene. Os veículos foram cedidos por voluntários, que também arcaram com os custos de motoristas e combustível.

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

Continua depois da publicidade

A diretora-geral do Senado, Ilana Trombka, ressaltou que esse já é o terceiro envio de donativos organizado pela Liga do Bem. Na primeira etapa, foram entregues na Força Aérea Brasileira (FAB) 5,5 mil cobertores, 1,3 mil litros de água mineral, 53 quilos de leite em pó e mais de 360 outros itens de roupa de cama. Dois dias depois, saiu da garagem do Senado em direção ao RS uma carreta bi-trem com capacidade de 36 toneladas.

“Basicamente, são cobertores, água, kits. Esses kits são importantes; tem kits de higiene íntima, roupas, cobertores, água e lençóis. Os kits individualizados são marcados por tamanho, feminino ou masculino, o que facilita muito o trabalho da Defesa Civil no Rio Grande do Sul, para que as doações cheguem mais rapidamente à população”, afirma.

Ana Dantas, representante da empresa que disponibilizou o transporte, explica que também atuou para garantir a segurança de todo o material até o destino.

Continua depois da publicidade

“Disponibilizamos também nossa expertise em logística integrada para garantir que essas doações cheguem em segurança ao Rio Grande do Sul”, explica.

O senador Ireneu Orth (PP-RS) também esteve no galpão da Liga e agradeceu a mobilização em solidariedade ao povo gaúcho.

“Pessoas ficaram sem nada, sem casa, sem roupa. O Brasil está se mobilizando, isso mostra unidade nacional. Um momento de comoção do Rio Grande do Sul. De várias cidades saem mercadorias, tudo que é preciso. Quando baixar a água, vamos ver todo o estrago. E daí começa a reconstrução”, afirmou.

Continua depois da publicidade

(Com Agência Senado)