MERCADOS AO VIVO Taxa de desemprego no Brasil atinge recorde de 14,6% no terceiro trimestre, diz IBGE

Taxa de desemprego no Brasil atinge recorde de 14,6% no terceiro trimestre, diz IBGE

Senado dos EUA encerra impasse e aprova reforma financeira

Congressistas precisam harmonizar textos das duas casas legislativas, antes de envia-los para sanção de Barack Obama

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Os senadores norte-americanos aprovaram na noite da última quinta-feira (20) o projeto de reforma financeira nos Estados Unidos, pondo fim a impasse que já durava meses entre republicanos e democratas.

Entretanto, o texto somente seguirá para a sanção de Barack Obama após processo a harmonização dos textos aprovados nas duas casas legislativas. 

Placar
O placar da votação foi de 59 votos a favor contra 39. Em seu texto é prevista a criação de um órgão de defesa do consumidor, ligado ao Federal Reserve, e restringe o resgate de instituições financeiras com o emprego de dinheiro público. “Está regra não sufocará o livre mercado, simplesmente criará regras responsáveis, sensíveis ao mercado”, disse o Presidente dos EUA.

Aprenda a investir na bolsa

Além disto, haverá regulação mais intensa dos negócios com derivativos relacionados a dívidas, como os títulos lastreados em hipotecas, apontados como um dos estopins da grave crise financeira de 2008.

O Fed também sofrerá auditoria do tribunal de contas norte-americano, além de confirmar a restrição de empréstimos via FMI (Fundo Monetário Internacional) a países que não possuam capacidade de pagamento reconhecida.