Senado dos EUA aprova projeto de reforma do sistema financeiro

Texto agora depende somente da sanção de Obama; entre os principais pontos, está regulação do mercado de derivativos

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Pondo fim a meses de discussões e grande espera, o Senado norte-americano aprovou na tarde desta quinta-feira (15) a proposta de reforma do sistema financeiro do país.

Com 60 votos a favor e 39 contrários, os senadores conferiram seu aval ao projeto – que com isso, depende agora apenas da sanção do presidente Barack Obama – o que deve ocorrer já na próxima semana.

A aprovação já era amplamente prevista por cientistas políticos já que pela manhã, os congressistas já haviam aprovado medida que bloqueava outras discussões na Casa, dando prioridade para que o projeto fosse votado.

Aprenda a investir na bolsa

Principais pontos da reforma
Um consenso quanto ao texto final do projeto de reforma do sistema financeiro foi conquistado pelos congressistas norte-americanos em 25 de junho. Entre os principais pontos, estão a limitação do capital de bancos em fundos de private equity e hedge e uma regulação do mercado de derivativos.

Além disso, a reforma busca também oferecer aos norte-americanos uma maior proteção ante a turbulências, estabelecendo a criação de alguns órgãos, como escritório de proteção financeira ao consumidor e do Conselho de Vigilância à Estabilidade Financeira (tradução livre de Financial Stability Oversight Council).