Senado aprova Toffoli como novo ministro do Supremo Tribunal Federal

Toffoli é o oitavo indicado de Lula para a maior corte do País e ocupava cargo de Advogado-Geral da União

SÃO PAULO – O Senado aprovou na última quarta-feira (30) a indicação de José Antonio Dias Toffoli para vaga no STF (Supremo Tribunal Federal). Com 58 votos a favor, 9 contra e 3 abstenções, Tofolli passou com folga – 17 votos a mais do que o necessário – e é o oitavo dos dez ministros do Supremo indicado pelo presidente Lula.

Advogado do PT nas eleições de 1998, 2002 e 2006, Toffoli ocupava desde março de 2007 o cargo de Advogado-Geral da União e sofreu críticas se estaria preparado para fazer parte da maior Corte do País.

Críticas a Toffoli

Com 41 anos, Toffoli não passou em concurso para juiz no ano passado e pesava sobre ele uma condenação da Justiça do Amapá, retirada depois da indicação de Lula.

PUBLICIDADE

Na sabatina, Toffoli garantiu que seu compromisso é com a Constituição brasileira, como forma de se defender das críticas a sua ligação com o PT. No STF, Toffoli deve julgar o caso de Cesare Battisti nos próximos dias, que decide se o italiano será ou não extraditado.