Energia

Segurança do sistema elétrico tem que ser dosada com preço de tarifa, diz Aneel

"É preciso atenção a esse ponto, segurança também não pode ser a qualquer custo", afirmou Romeu Rufino, diretor-geral da agência

arrow_forwardMais sobre
Uma foto com várias linhas de transmissão de energia
Aprenda a investir na bolsa

BRASÍLIA – O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, disse que é preciso dosar o aumento da segurança do sistema elétrico com os preços das tarifas de energia.

“É preciso atenção a esse ponto, segurança também não pode ser a qualquer custo”, disse durante audiência pública na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira para falar do blecaute que atingiu o Nordeste há duas semanas.

O sistema do Nordeste não é preparado para suportar a queda de duas linhas de transmissão, como ocorreu nesse caso, por conta de queimadas sob as linhas no interior do Piauí.

Aprenda a investir na bolsa

Dentro do governo existem técnicos que defendem que o Nordeste passe a ter um sistema duplo de segurança, a exemplo do que está sendo feito para o abastecimento em Brasília – ou seja, aumentar a segurança de tal modo que a queda de duas linhas seja suportada, o que exigiria pesados investimentos.