Covid-19

Secretário de Bolsonaro com coronavírus se encontrou com Trump nos EUA

Questionado sobre a notícia, o presidente dos EUA disse que “não estava preocupado”

Aprenda a investir na bolsa

(Bloomberg) — O teste do secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, que participou de um jantar com Donald Trump em Mar-a-Lago, no último sábado, deu positivo para coronavírus.

O assessor fará contraprova para a confirmação final, informou o Estado sem dizer como obteve as informações. Wajngarten fez parte da comitiva presidencial durante viagem à Flórida de 7 a 10 de março.

Fotos postadas nas redes sociais mostram ele lado a lado com Trump, usando um boné “Make Brazil Great Again”.

Aprenda a investir na bolsa

Bolsonaro cancelou a agenda oficial nesta quinta-feira e permanece no Palácio da Alvorada, residência oficial. Segundo nota divulgada pelo governo, o serviço médico da Presidência “adotou e está adotando todas as medidas preventivas necessárias para preservar a saúde” de Bolsonaro e da comitiva que o acompanhou em recente viagem oficial aos Estados Unidos.

Questionado sobre a notícia, o presidente dos EUA disse que “não estava preocupado”.

“Não fizemos nada muito incomum, sentamos um ao lado do outro por algum tempo”, disse a repórteres na Casa Branca.

Três outras autoridades acompanharam Bolsonaro durante o jantar com Trump: o ministro da Defesa, Fernando Azevedo; o ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo; e ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno.

Aproveite as oportunidades para fazer seu dinheiro render mais: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações!