CNT/MDA

Se eleição fosse hoje, Lula “empataria” com Temer e Aécio e perderia de Marina no 2º turno

Contudo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera todas as intenções de voto no primeiro turno; porém, cenário mostra indefinição com grande quantidade de brancos/nulos

SÃO PAULO – A pesquisa CNT/MDA, além de trazer a avaliação popular dos primeiros dias do governo interino de Michel Temer, também trouxe um cenário sobre se as eleições presidenciais, previstas para 2018, acontecessem hoje. 

Num cenário com mais candidatos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera todas as intenções de voto no primeiro turno enquanto que, nas simulações de segundo turno, ele perde para Marina Silva e obtém empate técnico com o senador Aécio Neves e Michel Temer. Contudo, vale destacar o cenário bastante “embolado”, com uma grande quantidade de brancos/nulos e indecisos. 

Na intenção de voto espontânea, Lula (8,6%), Marina Silva (3,8%), Dilma Rousseff (2,3%), Michel Temer (2,1%), Jair Bolsonaro (2,1%), Ciro Gomes (1,2%), Geraldo Alckmin (0,6%), Joaquim Barbosa (0,6%), José Serra (0,3%) tiveram oscilações para cima ou para baixo dentro da margem de erro de 2,2 pontos percentuais em relação à pesquisa de fevereiro. Aécio teve uma queda expressiva de 5 pontos, passando de 10,7% para 5,7%. 

PUBLICIDADE

No cenário 1 para a intenção de voto estimulada para presidente, caso a eleição fosse hoje, Lula teria 22%, seguido de Aécio (15,9%) e Marina (14,8%). Ciro Gomes tem 6%, Jair Bolsonaro tem 5,8%, Michel Temer tem 5,4%. Os brancos/nulos somam 21,2% e 8,9% estão indecisos. 

No cenário 2 para a intenção de voto estimulada, Lula teria 22,3%, Marina teria 16,6%, o governador de São Paulo Alckmin teria 6,6%, Ciro Gomes contaria com 6,3%, Michel Temer com 6,2%, Bolsonaro com 6,2%. Brancos e nulos somam 24% e indecisos 8,8%. 

Segundo turno
Há seis simulações de segundo turno. Entre Aécio Neves e Lula, há um empate técnico. O tucano possui 34,3% das intenções de voto – queda ante os 40,6% de fevereiro -, ante 29,9% de Lula, que oscilou para cima (em fevereiro, o petista tinha 27,5% das intenções de voto). Brancos e nulos somam 28,8%; indecisos somam 7%.

Entre Aécio e Temer, o tucano possui 32,3%, o presidente interino tem 15,8% das intenções, enquanto 42,2% votariam em branco/nulo e 9,7% estão indecisos. No terceiro cenário, entre Aécio e Marina, o tucano caiu de 38,4% em fevereiro para 29,7% este mês, enquanto Marina oscilou de 26,6% para 28%. 

Na simulação entre Lula e Temer, o petista teria 31,7%, tecnicamente empatado e no limite da margem de erro ante o presidente interino, que possui 27,3% das intenções de voto. Brancos e nulos somam 33,4% e indecisos são 7,6%. Entre Marina e Temer, a ex-senadora contaria com 33,7% e ganharia do peemedebista, que possui 20,9% dos votos; 37% são brancos/nulos e 8,4% estão indecisos. Entre Marina e Lula, ela o bateria por 35% (oscilação para baixo ante os 36,6% da pesquisa anterior), enquanto o petista teria 28,9% dos votos (oscilação para cima ante 26,3% do último levantamento).