Salário de Lula sobe para R$ 11.239,24 com aprovação da Câmara dos Deputados

Além do presidente, vice, ministros, deputados e senadores também foram beneficiados com reajustes salariais

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Nesta quinta-feira (22), a Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados aprovou um reajuste de 26,49% para os salários do presidente da República, do vice-presidente, ministros, deputados e senadores. Com esse aumento, o salário do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobe de R$ 8.885,48 para R$ 11.239,24.

A remuneração do vice-presidente passará a ser de R$ 10.578,11 contra os antigos R$ 8.362,80. No caso dos parlamentares, o subsídio mensal sobe de R$ 12.847,20 para R$ 16.250,42. Já os ministros passarão a receber R$ 10.578,11 por mês. Atualmente, os ministros recebem R$ 8.362,80 mensalmente.

Aprenda a investir na bolsa

A idéia de se elevar os salários dos parlamentares é de autoria do deputado Virgílio Guimarães (PT-MG). Para ele, as remunerações devem ser corrigidas com base no IPCA acumulado entre janeiro de 2003 e fevereiro de 2007. Vale lembrar que a proposta precisa ser aprovada ainda nos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado.

Reajustes também nas verbas de gabinete

Paralelamente à decisão da comissão, a Mesa Diretora da Câmara dos Deputados também analisa propostas de reajustes nas verbas de gabinete e indenizatória. A idéia também é do deputado Virgílio Guimarães (PT-MG).

Segundo o deputado, ele não teme receber críticas pela decisão de colocar a matéria em votação. “Quem votou em mim sabe a minha maneira de colocar esses assuntos sem o menor subterfúgio”, afirmou Guimarães.