Política

Rocha Loures devolve R$ 35 mil que faltavam em mala de dinheiro entregue ao STF

Na última terça-feira, o parlamentar afastado comunicou ao Supremo que devolveu à Polícia Federal a mala, com R$ 465 mil

SÃO PAULO – O deputado afastado Rodrigo da Rocha Loures (PMDB-MG) informou o Supremo Tribunal Federal que realizou, na última quarta-feira (24), depósito judicial dos R$ 35 mil a uma conta da corte, referente ao montante que faltava entregar à Justiça pelo flagrante envolvendo o recebimento de uma mala de dinheiro em São Paulo. Conforme conta o G1, o peemedebista entregou comprovante do depósito nesta quinta-feira.

O ex-assessor do presidente Michel Temer no palácio do Planalto foi filmado pela Polícia Federal recebendo uma mala com R$ 500 mil em dinheiro pessoalmente do diretor da J&F, Ricardo Saud. Na última terça-feira, o parlamentar afastado comunicou ao Supremo que devolveu à Polícia Federal a mala, com R$ 465 mil, sem comunicar o motivo da falta de R$ 35 mil.

Loures é apontado como intermediário de Temer para assuntos do grupo J&F — dono da JBS (JBSS3) — com o governo.

PUBLICIDADE