#revolta

Revoltado, Donald Trump reclama de Obama, republicanos e abismo fiscal

Ele acredita que o pacote fez mais dano do que bem: para cada US$ 41,00 de impostos novos, o congresso optou por um corte de US$ 1,00 de gastos

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Donald Trump, empresário do setor imobiliário nos EUA, anda revoltado nas redes sociais. Filiado ao partido republicano, o bilionário, famoso por sua apresentação no programa “O Aprendiz”, reclamou extensivamente da política norte-americana na rede social Twitter, chamando a atenção para o se foi feito por lá para evitar o abismo fiscal.

“Não acredito que os republicanos aceitaram o pacote, eles tinham todas as cartas na manga!”, exclamou o empresário. Ele acredita que o pacote fez mais dano do que bem: para cada US$ 41,00 de impostos novos, o congresso optou por um corte de US$ 1,00 de gastos. “Obama e os democratas devem estar rindo desse acordo”, avalia. 

Ao contrário do que Trump gostaria, o congresso “chutou” a questão fiscal para adiante: o teto da dívida ainda será debatido para frente, e o forte déficit dos EUA garante que o país continuará a se endividar cada vez mais. “Esse foi um péssimo acordo para o país e para os republicanos. Algum deles tem alguma habilidade de negociar?”, indagou o empresário via Twitter. 

Aprenda a investir na bolsa

Ele pede para o fortalecimento das políticas de imigração, para que o partido Republicano pare de perder eleições – os latinos, por exemplo, são grande eleitores do partido Democrata, com o qual eles associam o Dream Act, que permitiu que alguns imigrantes ilegais conseguissem legalizar sua situação. 

“Esse acordo é apenas uma ‘parada’, Obama vai pedir por mais impostos nas próximas negociações”, alertou o empresário, que por fim, destacou que as outras nações do mundo estavam todas se alimentando do lanche que é de direito dos EUA.