Resultados da “Superterça” acirram disputa entre Obama e Hillary; McCain lidera

Eleições primárias em 22 estados nos EUA revelam indefinição entre democratas; republicanos dão vantagem a senador

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Os resultados da “Superterça” indicam que a disputa democrata entre os senadores Barack Obama e Hillary Clinton deve permanecer acirrada até o fim das primárias, enquanto John McCain consolida a liderança entre os republicanos.

A última terça-feira (5) foi marcada nos EUA pela realização simultânea de eleições prévias para a presidência da República em 22 estados. Cada estado possui um número de delegados que representam as escolhas dos seus eleitores na convenção nacional, de acordo com sua magnitude. Dependendo da legislação em vigor no estado, os votos dos delegados são repassados integral ou proporcionalmente aos candidatos vencedores.

Disputa democrata acirrada

Pelo lado democrata, enquanto a senadora Clinton venceu nos estados com mais delegados, como a Califórnia, Barack Obama ganhou no maior número deles, o que conferiu uma ligeira superioridade à ex-primeira dama, mas manteve a disputa indefinida.

PUBLICIDADE

A corrida pela candidatura à casa deve permanecer acirrada, pois pesquisas eleitorais apontam o crescimento de Obama entre os eleitorados masculino branco, negro e mais jovem, enquanto Clinton angaria apoio entre mulheres, hispânicos e os mais velhos. As identidades de grupo costumam ser fator decisivo em campanhas nos Estados Unidos.

McCain perto da vitória

Na disputa do partido republicano, atualmente no poder com o Presidente Bush em seu segundo mandato, o senador John McCain ampliou sua vantagem sobre os concorrentes Mitt Romney, que possui a campanha mais cara, e Mike Huckabee, alinhado com o eleitorado mais conservador.