RADAR INFOMONEY Hering (HGTX3) sai do básico com plano ousado para 2021. Vai funcionar?

Hering (HGTX3) sai do básico com plano ousado para 2021. Vai funcionar?

Resultado nominal teve expressiva deterioração em julho na passagem mensal

Em relação ao mesmo período de 2006, porém, houve uma redução do déficit; pagamento de juros aumentou no período

SÃO PAULO – Em julho, o governo apresentou um superávit primário de R$ 7,904 bilhões, superior ao resultado do mesmo período de 2006 (superávit de R$ 5,615 bilhões), porém inferior ao registrado em junho, de R$ 11, 647 bilhões.

No acumulado em 12 meses, o superávit soma R$ 106,953 bilhões, o que representa um avanço frente ao acumulado em doze meses de junho, que marcou R$ 104,664 bilhões.

Na base de comparação mensal, o pagamento de juros aumentou, ao passar de R$ 13,455 bilhões em julho de 2006 para R$ 14,087 bilhões no mesmo período desse ano.

Foi registrado também uma expressiva deterioração no resultado nominal, que passou de superávit de R$ 677 milhões em junho de 2007 para um déficit R$ 6,184 bilhões no sétimo mês deste ano, de acordo com a Nota de Política Fiscal divulgada pelo Banco Central nesta manhã. No mesmo período de 2006, foi registrado déficit de R$ 7,84 bilhões.

Resultados em relação ao PIB

Em relação ao PIB e considerando o fluxo em 12 meses, a participação dos gastos com juros nominais ficou em 6,45% no período terminado em julho, enquanto a parcela fora de 6,47% em junho.

A relação do superávit primário, por sua vez, teve um aumento ao passar de 4,30% para 4,37% do PIB, na mesma base de comparação. Com isso, o déficit nominal passou de 2,16% do PIB em junho, para 2,08% do PIB em julho.

A tabela abaixo compara a evolução da NFSP em julho de 2007, com aquela registrada no mesmo período do ano passado.
























R$ BilhõesJul/07Jul/06Var%
NFSP*+6,184+7,840-21,12%
Juros nominais*+14,087+13,455+4,70%
Resultado
primário*
-7,904-5,615+40,77%

*(+)Déficit (-)Superávit
Fonte: Banco Central

PUBLICIDADE