Senado

Renan diz que nomeação de Lula ajuda nas negociações com o Congresso

"Não dá para fazer essa avaliação se ele teria ou não condição de resolver a crise. Seria muito essa projeção, mas ele tem boa relação com o Congresso, e eu torço que o Brasil melhore", afirmou o presidente do Senado

arrow_forwardMais sobre

O presidente do Senado, Renan Calheiros, afirmou, ao chegar ao Congresso Nacional nesta quarta-feira (16), que o ex-presidente Lula tem, indiscutivelmente, boas relações com os parlamentares, mas que não dá para prever se ele irá ou não resolver a crise política e econômica do país.

— Não dá para fazer essa avaliação se ele teria ou não condição de resolver a crise. Seria muito essa projeção, mas ele tem boa relação com o Congresso, e eu torço que o Brasil melhore, que as coisas comecem a dar certo. Sinceramente, como senador e presidente do Congresso Nacional, torço para que as coisas melhorem —, disse Renan.

Ao falar da construção de diálogo com Lula, Renan disse que “conversar” é sempre muito importante.

PUBLICIDADE

— Especialmente com o presidente Lula que, como todos sabem, tem boas relações com o Congresso.

Impeachment

O presidente do Senado falou também sobre o processo de impeachment e disse que é preciso ter tranquilidade. Ele acredita que o Supremo Tribunal Federal (STF) poderá dar alguns esclarecimentos nesta quarta-feira sobre o rito, principalmente quanto ao quórum mínimo para aprovação do impeachment no Senado.

— Há uma questão que talvez possa ser revista que é o quórum de decisão aqui na admissibilidade no Senado. Mais do que nunca, precisamos ser prudentes e equilibrados para que a gente não antecipe as etapas, que a gente não comece a discutir aqui no Senado o que ainda não foi discutido na Câmara — disse o presidente da casa.

Especiais InfoMoney:

Como o “trader da Gerdau” ganhou meio milhão de reais na Bovespa em 2 meses 

As novidades na Carteira InfoMoney para março

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa