Almoço

Renan critica Dilma a Lula por fazer aliança baseada em “mera ocupação de cargos”

Presidente do Senado pede por plano de desenvolvimento para servir de base para a aliança com o governo

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Em almoço com o ex-presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, o presidente do Senado, Renan Calheiros, criticou os rumos da gestão Dilma e disse que o País precisa de “plano de desenvolvimento”. A refeição que também contou com outros membros do PT e do PMDB como o senador Edson Lobão (PMDB) e o líder do governo no Senado, Delcídio Amaral (PT), tinha como objetivo a recomposição da base aliada, mas acabou servindo para que Calheiros reclamasse dos rumos da gestão da presidente. 

Segundo informações do site Congresso em Foco, Renan teria dito que a aliança do governo com o PMDB tem de funcionar em função de um plano de desenvolvimento e não da “mera ocupação de cargos”. O PMDB está sendo atraído para isso e não pode concordar com isso”, disse o presidente do Congresso Nacional após o encontro. 

A declaração foi vista como uma crítica também ao vice-presidente Michel Temer, articulador político de Dilma e que já foi chamado de “coordenador de Recursos Humanos” por conta da negociação de cargos. Em notas oficiais, ele e Renan têm discutido nos últimos tempos. 

PUBLICIDADE

Lula teria concordado com Calheiros em relação ao “plano de desenvolvimento”. Ele tem dito que a presidente está paralisada e que ela precisa sair do Brasil para inaugurar obras e divulgar as ações do governo.