Política

Renan afirma que agenda para retomada do crescimento está aberta a novas propostas

"Aqueles pontos não significam que há uma convergência, um consenso. A agenda continua aberta e hoje nós vamos incluir mais dois, três ou quatro pontos", disse o presidente do Senado

Aprenda a investir na bolsa

O presidente do Senado, Renan Calheiros, afirmou nesta terça-feira (11) que a Agenda Brasil está aberta a novas contribuições. O conjunto de propostas para a retomada do crescimento foi apresentado à equipe econômica do governo em encontro na residência oficial da Presidência do Senado na tarde de segunda (10).

“Aqueles pontos não significam que há uma convergência, um consenso. A agenda continua aberta e hoje nós vamos incluir mais dois, ou três, ou quatro pontos. O fundamental é que tenhamos, na quarta-feira, uma resposta concreta do ministro Levy com relação a essa agenda que preserva o interesse nacional e acena claramente com relação ao reaquecimento da economia”, definiu Renan.

A primeira lista de propostas foi entregue por Renan e pelos senadores Romero Jucá (PMDB-RR) e Eunício Oliveira (PMDB-CE), em reunião com os ministros Joaquim Levy, da Fazenda, Nelson Barbosa, do Planejamento, e Eduardo Braga, de Minas e Energia. A relação inclui medidas voltadas à melhoria do ambiente de negócios, ao equilíbrio fiscal e à proteção social.

Aprenda a investir na bolsa