Renan afirma estar tranqüilo e oposição já manobra contra arquivamento

Caso processo seja arquivado, P-SOL promete ir ao Ministério Público Federal; PSDB quer ouvir jornalista

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), afirmou estar tranqüilo para a reunião da próxima sexta-feira do Conselho de Ética, que vai votar o parecer do senador Epitácio Cafeteira (PTB) na representação contra Calheiros. O relator é favorável ao arquivamento do processo por quebra de decoro parlamentar.

Vários senadores pediram vistas ao parecer de Cafeteira após a leitura do relatório, o que acabou adiando a votação do processo. Alguns, como Jefferson Peres (PDT), Marconi Perillo (PSDB) e Demóstenes Torres (DEM) pretendem apresentar voto em separado pedindo a continuação das investigações.

Oposição manobra contra arquivamento

A reunião que vai votar o parecer do senador Epitácio Cafeteira no processo contra Renan Calheiros está marcada para a manhã desta sexta. Caso o processo seja arquivado, o P-SOL, autor da representação, promete ir, na semana que vem, ao Ministério Público Federal pedir que “os fatos sejam investigados”, disse o líder do partido na Câmara, Chico Alencar (RJ).

Aprenda a investir na bolsa

O peemedebista é acusado de usar o lobista Cláudio Gontijo, da Mendes Júnior, para pagar pensão e aluguel à jornalista Mônica Veloso, com quem Renan tem uma filha. A oposição manobra para ouvir a jornalista e impedir o arquivamento do caso.