Aponta G1

Rejeição e “teto” de Dilma preocupam PT: ordem é “descontruir” Aécio Neves

Há o reconhecimento no núcleo petista de que Dilma alcançou um teto, afirma o colunista Gerson Camarotti, do G1

SÃO PAULO – As pesquisas Datafolha e Ibope divulgadas na última quinta-feira (9) foram vistas com certa preocupação pelo PT, de acordo com informações da coluna de Gerson Camarotti, do G1

Há o reconhecimento no núcleo petista de que Dilma alcançou um teto, afirma o colunista, e que hoje, há dificuldade de crescimento da candidatura, principalmente por causa da rejeição elevada. O Datafolha mostrou que Dilma tem rejeição de 43% e Aécio, 34%.

Desta forma, a ordem no PT é de intensificar um movimento de desconstrução semelhante ao realizado frente Marina Silva no primeiro turno. 

PUBLICIDADE

O desempenho fraco da petista no Sudeste preocupa a campanha petista e indica que o tucano já começa a recuperar espaço em Minas Gerais. “Por isso, a ordem é intensificar a campanha no estado, e em São Paulo, onde foi identificado um movimento de rejeição ao PT”. Já a campanha de Aécio comemorou discretamente o resultado, uma vez que a disputa está bem acirrada. A ordem é evitar “salto alto”.