Eleições

Rede e PSB devem liberar Marina para apoiar Aécio; PSDB também quer apoio dos partidos

Segundo informações de jornais, a Rede ainda resiste em apoiar Aécio e o grupo continua dividido, assim como o PSB; mas Marina deve se posicionar

SÃO PAULO – Na noite da última terça-feira (7), a direção da Rede Sustentabilidade decidiu dar aval a um possível apoio de Marina Silva (PSB) Aécio Neves, de acordo com informações da Folha de S. Paulo e da coluna Poder Online

A posição será submetida ao diretório da Rede, composto por 120 pessoas, já nesta quarta (8). Marina tomará a decisão final, mas o PSDB espera um apoio institucional, que não venha só da ex-senadora, mas de seu grupo político como um todo. 

Porém, de acordo com informações do jornal Valor Econômico, a Rede ainda resiste em apoiar Aécio e o grupo continua dividido. Marina tenta convencer seu grupo a apoiar o tucano, para que uma provável declaração tenha apoio político. 

PUBLICIDADE

O PSB também está dividido em relação a Aécio Neves, segundo o Valor. Uma das hipóteses é  opartido liberar o apoio de seus filiados no segundo turno e assumir neutralidade na disputa, enquanto Marina tenderia a apoiar o tucano.