Acesso indevido

Receita aciona PF para investigar acesso a dados fiscais de Bolsonaro

Uma sindicância concluiu que dois servidores do órgão consultaram os dados sem motivação legal

arrow_forwardMais sobre

A Receita Federal acionou a Polícia Federal (PF) para investigar o acesso a informações fiscais do presidente da República, Jair Bolsonaro, e de membros de sua família.

Em nota oficial, o órgão informou que uma sindicância concluiu que dois servidores do órgão em Cachoeiro do Itapemirim (ES) e Campinas (SP) consultaram os dados sem motivação legal.

De acordo com o comunicado, além de avisar a PF, a Receita abriu processo administrativo para apurar a responsabilidade funcional dos envolvidos.

PUBLICIDADE

Segundo o Globo, um dos suspeitos é Odilon Ayub Alves, irmão da deputada federal Norma Ayub (DEM-ES), que teria prestado depoimento na PF ontem e liberado. Computadores foram apreendidos nas duas cidades.