DO ZERO AO TOPO ESPECIAL Guilherme Benchimol compartilha lições sobre como atrair boas pessoas e criar times excepcionais; assista à live

Guilherme Benchimol compartilha lições sobre como atrair boas pessoas e criar times excepcionais; assista à live

Encontro frio

“Quero crer que ele não me reconheceu”, diz Bolsonaro sobre Moro após vídeo de encontro viralizar

Deputado apontou duas teses para explicar a reação um tanto fria que o juiz Sérgio Moro teve com ele durante encontro no Aeroporto Internacional de Brasília

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em entrevista para a Folha de S. Paulo no último sábado, o deputado Jair Bolsonaro apontou duas teses para explicar a reação um tanto fria que o juiz Sérgio Moro teve com ele durante encontro no Aeroporto Internacional de Brasília. O encontro acabou viralizando na última quinta-feira (30) pela internet. “Ou ele não me reconheceu, ou me ignorou. Quero crer que ele não me reconheceu”, disse Bolsonaro.

O vídeo registra a reação “fria” do juiz responsável pelos processos da Operação Lava Jato. Após o constrangimento, o deputado do Rio de Janeiro atendeu aos pedidos para tirar fotos com outras pessoas que estavam no local.  Em entrevista ao jornal, o deputado reiterou a sua “admiração” pelo “excelente trabalho” que o juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba está fazendo à frente da Operação Lava Jato e disse não querer especular sobre o que levaria Moro a deixá-lo “no vácuo”. “Ele que tem que responder, até porque eu sou uma pessoa que sempre tratei com dignidade todo mundo. A bola tá com ele, não tá comigo, não.”

Bolsonaro ainda lembrou, para comprovar seu trânsito com autoridades, que certa vez conversou durante 20 minutos durante voo com Joaquim Barbosa, à época ministro do Supremo Tribunal Federal responsável pela relatoria do Mensalão. “Ele me citou como o único deputado da base aliada que não foi comprado pelo PT.” Barbosa destacou em 2012 que o deputado (na época filiado ao PP) foi raro caso de parlamentar da base governista que votou contra o interesse da gestão petista em temas como reforma tributária.

Aprenda a investir na bolsa

Confira o vídeo: