No Piauí

Quem roubou a vida inteira não pode chamar o PT de ladrão, afirma Lula

Além disso, Lula também defendeu que  governo federal deve promover cortes para o país "não quebrar", mas não detalhou quais áreas

arrow_forwardMais sobre

Em discurso feito a militantes do PT no Piauí, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou na noite de ontem que quem “roubou a vida inteira” não pode chamar os petistas de ladrões. Lula recebeu o título de Cidadão Piauiense concedido pela Assembleia Legislativa em Teresina. As informações são da Folha de S. Paulo e do O Globo.

“Queria pedir para vocês é que os petistas voltem a ter orgulho do PT. Se alguém nosso errou, vai pagar, como qualquer cidadão. Mas o que não se pode admitir é que gente que a gente sabe que roubou a vida inteira venha a chamar o PT de ladrão. A gente não pode permitir.”

Além disso, Lula também defendeu que  governo federal deve promover cortes para o país “não quebrar”, mas não detalhou quais áreas. Ele ainda afirmou que o governo precisa melhorar, mas saiu em defesa de Dilma Rousseff. 

PUBLICIDADE

“Esqueceram que a Dilma terminou o seu primeiro mandato com o menor índice de desemprego? Apenas 4,8%. É preciso melhorar sim e é preciso fazer cortes para não quebrar”, afirmou. 

O ex-presidente falou ainda que o Brasil vive um “momento de ódio”. “Vivemos em momento inusitado e de ódio. Muitas pessoas com raiva e precisamos saber a origem disso. É preciso ficar tranquilo. Será se a culpa é do PT? A culpa é do governo?”, questionou.

Ao falar sobre a eleição de 2018, Lula fez novas críticas à oposição: “está muito longe [a eleição de] 2018. A gente não sabe o que vai acontecer. A única coisa que temos que dizer é que eles têm que aprender a nos respeitar como nós os respeitamos a vida inteira quando nós perdemos.”

Como garimpar boas ações? Deixe seu email e descubra uma forma tão simples que até um menino de 10 anos consegue usar!