Quase metade dos japoneses aprovam o novo Gabinete criado por Aso

O índice de aprovação ficou em 48,6%, menor do que o 57,8% registrado em setembro de 2007, após a eleição de Fukuda

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A aprovação dos japoneses ao novo Gabinete do governo, indicado pelo primeiro-ministro Taro Aso, chega a 48,6%, segundo uma pesquisa feita pela agência Kyodo e divulgada nesta quinta-feira (25). Aso assumiu o cargo deixado por Yasuo Fukuda na última quarta-feira (24).

O índice é menor do que os 57,8% registrados na formação do Gabinete do governo anterior, logo após o anúncio dos nomes, em setembro do ano passado. Já o índice de desaprovação às indicações de Aso ficou em 32,9%.

Novas eleições

Questionados sobre qual partido político iriam votar, caso novas eleições sejam convocadas, 34,9% afirmaram que votariam no Partido Liberal Democrata, do governo, e outros 37,8% votariam no Partido Democrata do Japão, que atualmente está na oposição, mostrando um empate técnico entre ambos.

Aprenda a investir na bolsa

A maioria dos japoneses (69,4%) também considera que as eleições deveriam ocorrer somente após a adoção de estímulos econômicos. Outros 23,5% afirmaram que a Câmara Baixa deveria ser dissolvida imediatamente.

Na pesquisa, 43,8% das pessoas afirmaram que um governo do Partido Democrata seria melhor do que um liderado pelo partido que está atualmente no poder, um aumento de 2,1 pontos percentuais sobre a pesquisa anterior.