4º ano seguido

Putin é eleito o homem mais poderoso do mundo por revista americana

Com isso, Putin ficou na frente do presidente eleito dos Estados Unidos, o republicano Donald Trump, e da chanceler alemã, Angela Merkel

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O presidente da Rússia Vladimir Putin foi eleito pelo quarto ano seguido o homem mais poderoso do mundo pela revista americana Forbes. “De seu país natal até a Síria, passando pelas eleições americanas, o dirigente russo continua alcançando seus objetivos”, afirmou a publicação sobre o controverso presidente em sua mais recente edição.

Com isso, Putin ficou na frente do presidente eleito dos Estados Unidos, o republicano Donald Trump, e da chanceler alemã, Angela Merkel. Sobre o americano, a Forbes diz que ele “parece impermeável a escândalos, tem as duas Casas do Congresso americano a seu favor e uma fortuna pessoal de vários milhões”.

Merkel perdeu uma colocação em relação ao ano passado. Além disso, apenas mais duas mulheres aparecem na lista das 20 pessoas mais poderosas do mundo: a chair do Federal Reserve, Janet Yellen, que está no 6º lugar; e Theresa May (13º), a premier britânica que irá comandar a saída do Reino Unido da União Europeia.

PUBLICIDADE

Completando o “top 5”, além de Putin, Trump e Merkel, aparecem o presidente da China, Xi Jinping, em quarto, e o argentino Papa Francisco, em quinto. Vale destacar que o presidente da petrolífera ExxonMobil, Rex Tillerson, escolhido por Trump para ser secretário de Estado, ficou em 24º lugar.