Na Justiça

PT entrará com ação para recolher cartazes de Dilma e Lula como “procurados”

Os cartazes foram localizados nesta quinta-feira (07) em postes e paredes da região central de São Paulo e algumas cidades do interior de SP e são os mesmos exibidos durante a votação da MP 665

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O Diretório Estadual do PT-SP irá entrar com uma ação na Justiça para pedir que sejam buscados e apreendidos os cartazes apócrifos com as imagens da presidente Dilma Rousseff, do ex-presidente Lula, além de outros deputados petistas com o carimbo de “Procurados”.

Em nota assinada pelo presidente do diretório paulista do PT, Emidio de Souza, foi declarado o repúdio do partido à ação, que foi classificada como “covarde e fascista”.

O PT pedirá, ainda, que seja instaurada investigação policial que determine os responsáveis pelo patrocínio e distribuição desses cartazes. Segundo o partido, a atuação “têm como evidente motivação causar danos e constrangimentos à imagem do PT e de seus representantes”.

PUBLICIDADE

Os cartazes foram localizados nesta quinta-feira (07) em postes e paredes da região central de São Paulo e algumas cidades do interior do Estado. Simulando os do velho-oeste, os cartazes são os mesmos que os exibidos por alguns manifestantes na quarta-feira, no dia da votação da MP 665.