Política

PT e PSDB juntos? Petistas querem união na disputa pela presidência da Câmara

O candidato a presidente da Câmara pelo PT, o deputado federal Arlindo Chinaglia está tentando amarrar o apoio do PSDB para um eventual 2º turno na disputa

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A briga entre PT e PSDB é uma das maiores da política brasileira, mas quem iria imaginar que os dois partidos podem acabar se unindo? Segundo as informações do jornal O Estado de S. Paulo, o candidato a presidente da Câmara pelo PT, o deputado federal Arlindo Chinaglia está tentando amarrar o apoio do PSDB para um eventual 2º turno na disputa.

De acordo com o jornal, o parlamentar esteve nessa segunda-feira (22) no diretório estadual dos tucanos em São Paulo, onde se reuniu com o presidente da sigla, Duarte Nogueira. Não é de agora que Chinaglia tenta se unir com o PSDB para enfrentar Eduardo Cunha (PMDB) num provável segundo turno pelo comando da Casa.

Apesar das tentativas, o Estadão afirma que os tucanos já avisaram que ao petista que estão fechados com a candidatura de Julio Delgado (PSB) no primeiro turno e “inclinados” a apoiar Cunha no segundo. A bancada paulista do PSDB almoçará na próxima segunda-feira com Eduardo Cunha.

PUBLICIDADE