Ataque duro

PT é “fratricida” e política econômica é causa de “todos os problemas atuais”, diz PMDB

Documento preparado pelo PMDB para seu encontro nacional do dia 17 de novembro e obtido pelo jornal Folha de S. Paulo fez o mais duro ataque recente ao PT;oposição também é criticada

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Documento preparado pelo PMDB para seu encontro nacional do dia 17 de novembro e obtido pelo jornal Folha de S. Paulo fez o mais duro ataque recente ao PT. O partido culpa a equivocada política econômica de Dilma Rousseff  “por todos os problemas atuais” e afirma que o PT é “fratricida”. O jornal informa que a versão do documento é preliminar, ou seja, sujeita a alterações. 

O texto ainda prega a independência do partido: “É preciso que o PMDB passe a trilhar caminhos próprios, apartando-se com elegância do PT”. Também sobram críticas para a oposição, por ter optado pela tática do “enfrentamento político”. 

O documento começará a ser analisado a partir de hoje e contou com a colaboração de alguns dos principais líderes de partidos e economistas ligados à legenda, como o ex-ministro Delfim Netto.

PUBLICIDADE

Para o PMDB, o governo Dilma partiu de um “diagnóstico errado” na área econômica. “Não se compreendeu que a responsabilidade fiscal, embora condição necessária à estabilidade da economia, não se afigura motor do desenvolvimento econômico.”

O partido também faz autocrítica: a sigla diz que não tem “bandeira, discurso e identidade exclusivamente próprios” e, por isso, tira “pouco proveito” de ter o maior número de vereadores, deputados estaduais, prefeitos, governadores e senadores. Por outro lado, não menciona a Operação Lava Jato. 

Dilma completa 1 ano de mandato: como foi o desempenho de Bolsa dólar e mais 36 ativos? Deixe o email abaixo e confira: