Manifestações

PSDB vai usar propaganda na TV para convocar população em atos anti-Dilma

Aécio Neves afirmou que o partido vai estimular a participação de suas lideranças e das pessoas "indignadas" ou "arrependidas" do voto em 2014

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Nos mais recentes atos realizados contra o governo, o maior partido da oposição, o PSDB, evitou colaborar ou fazer qualquer tipo de campanha para convocar a população às ruas. Mas isso parece ter mudado. Uma semana antes das manifestações, marcadas para 16 de agosto, o partido irá realizar inserções comerciais na televisão pedindo para as pessoas irem às ruas.

Em uma primeira etapa, os comerciais irão mostrar as principais lideranças da sigla, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o governador Geraldo Alckmin (SP), o senador José Serra (SP) e o presidente do partido, senador Aécio Neves (MG).

“Nosso esforço nessa relargada no segundo semestre é mostrar uma grande sintonia entre as principais lideranças do PSDB. Mostrar que somos um conjunto de pessoas que podem divergir em determinada estratégia, mas absolutamente sintonizados com o sentimento das ruas”, disse Aécio em Brasília. Ele ainda não decidiu se irá participar dos protestos por temer passar a impressão de tratar-se de um movimento partidário.

Aprenda a investir na bolsa

Por outro lado, desta vez o presidente do PSDB está se mostrando mais ativo em convocar a população. Aécio afirmou que o partido vai estimular a participação de suas lideranças e das pessoas “indignadas” ou “arrependidas” do voto em 2014. “Estamos fazendo isso acessoriamente. Não assumindo a paternidade ou o protagonismo das manifestações. Mas, se nós desconsiderarmos que elas existem, estaremos fugindo da realidade”, completou.