Contra-ataque

PSDB repete “propaganda do medo” usada por petistas nas eleições

Peça publicitária tucana critica o ajuste fiscal mostrando uma família sofrendo debaixo da chuva, nos mesmos moldes da já clássica propaganda de João Santana

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A cena é conhecida do eleitor brasileiro: uma família na chuva sofre enquanto uma música triste toma conta da trilha sonora e um narrador fala de problemas econômicos dos adversários políticos. Mas a partir deste domingo (10), a propaganda “do medo” que será veiculada na televisão não foi escrita pelo marqueteiro João Santana e não fala do impacto da perda das políticas sociais do PT. A nova peça de publicidade dirigida pelo argentino Guillermo Raffo, funcionará como contra-ataque do PSDB e terá como alvo o ajuste fiscal que o governo tenta fazer passar no Congresso. 

“Quando você mais precisa, o governo quer que você pague a conta dos erros que ele cometeu”, diz a peça publicitária do principal partido da oposição. Nesta semana, após um pequeno susto quando o líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Leonardo Picciani, disse que não votaria mais as medidas provisórias relacionadas ao corte de custos e aumento de receitas do governo, o PT conseguiu se articular com a base e aprovar a MP 665, que trata das mudanças nos critérios para a obtenção de benefícios trabalhistas como o seguro-desemprego. 

O clipe do PSDB criticando o ajuste fiscal irá ao ar pelo menos cinco vezes ao dia em todas as emissoras de TV aberta nos dias 17 e 24 de maio. Vale lembrar que o programa semestral do PSDB será veiculado no dia 19 de maio no rádio e na TV e terá 10 minutos de duração. 

PUBLICIDADE

Assista à nova peça publicitária do PSDB:

Relembre o vídeo do PT nas eleições de 2014: