Eleição presidencial

PSDB e TSE farão reunião nesta 2ª para definir auditoria das eleições

Segundo Estadão, partido fará uma reunião no TSE na qual deverá indicar quais documentos pretende obter para realizar a auditoria no resultado das eleições do ano passado, além das urnas de quais municípios deseja auditar

SÃO PAULO – De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, nesta segunda-feira (9), o PSDB fará uma reunião no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na qual deverá indicar quais documentos pretende obter para realizar a auditoria no resultado das eleições do ano passado, além das urnas de quais municípios deseja auditar. O partido havia solicitado que o prazo fosse prorrogado, mas o pedido foi recusado pelo presidente da Corte, ministro Dias Toffoli.

Toffoli disse ter entrado em contato com os advogados do partido para que se apresente um cronograma de trabalho e a quantidade de urnas a serem auditadas já no dia 9.

“Aquilo que foi pedido pelo PSDB chegava a montante de urnas que se levaria mais de mil dias para fazer a análise”, disse o presidente da Corte eleitoral. Ele atendeu o pedido para disponibilizar os dados, mas negou prazo complementar de 15 dias para definir as cidades que serviriam de amostragem da apuração, já que é preciso colocar as urnas novamente em manutenção para usá-las em eleições suplementares e prepará-las para o processo eleitoral de 2016.

PUBLICIDADE