PSDB e DEM decidem abandonar CPI da Petrobras

Após quatro meses da comissão ser instalada, oposição declarou sua saída; os dois partidos apresentaram relatório apontando 18 irregularidades na estatal

SÃO PAULO – Quatro meses após a CPI da Petrobras ser instalada no Senado para investigar supostas irregularidades na estatal, a oposição anunciou sua saída da comissão. É a primeira vez que isso acontece no Legislativo.

Os senadores Antonio Carlos Magalhães Junior, Álvaro Dias e Sérgio Guerra (os três representantes da oposição na comissão) anunciaram em entrevista coletiva, às 12h00 desta terça-feira, o abandono da CPI. Às 14h00, haveria o depoimento do presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli.

“Desta farsa não participaremos”, disse Álvaro Dias à Agência Estado, ao anunciar a desistência, na semana passada. Na entrevista coletiva, Dias provocou o governo: “O caso da Petrobras é tão visível que quem vai elaborar o relatório final é o escritório da Petrobras. O comando da CPI da Petrobras, a relatoria é da Petrobras”.

PUBLICIDADE

Os senadores apresentaram um relatório final antecipado com denúncias contra a estatal. Foram formalizadas 18 representações (cada uma apontando uma irregularidade), que serão encaminhas pelos dois partidos ao Ministério Público Federal. Segundo os senadores, estas denúncias seriam apresentadas em paralelo ao relatório final da comissão, mas foram antecipadas com a decisão de abandonar a CPI.

Defesa

Em depoimento à comissão, Gabrielli defendeu a empresa de todas as acusações da oposição, principalmente no que diz respeito às denúncias de superfaturamento da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Segundo o presidente, a Petrobras prestou todos os esclarecimentos ao TCU (Tribunal de Contas da União).

Romero Jucá, do PMDB, relator da CPI, disse que vai apresentar o relatório final da comissão, ao final das investigações, mesmo com a debandada da oposição. Segundo o jornal o Estado de S. Paulo, o senador deve apresentar ainda neste mês seu parecer, que deve isentar a estatal de todas as irregularidades.