Começa a auditoria

PSDB começa auditoria dos dados das eleições presidenciais, diz jornal

O grupo conta com oito especialistas do ITA (Instituto de Tecnologia Aeronáutica) e da Poli/USP, que estão analisando 30 gigabytes de material e terá 60 dias para apresentar os resultados

SÃO PAULO – O PSDB concluiu a formação do grupo que será responsável pela auditoria do resultado das eleições presidenciais de 2014, vencida por Dilma Rousseff, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo.

O grupo conta com oito especialistas do ITA (Instituto de Tecnologia Aeronáutica) e da Poli/USP, que estão analisando 30 gigabytes de material e terá 60 dias para apresentar os resultados. 

Os trabalhos começam nesta semana em Brasília, informa o jornal, mas o partido ainda se mostra dividido sobre o que fazer depois da análise ser concluída. A conclusão do trabalho é vista com grande expectativa dentro do partido: quando Carlos Sampaio, coordenador jurídico do PSDB, pediu auditoria especial das eleições, a decisão incomodou uma parte dos tucanos, por ter sido feita sem que houvesse um debate interno sobre o tema. 

PUBLICIDADE

Inicialmente, o PSDB havia pedido uma verificação oficial, com a participação do TSE e de todos os partidos políticos, o que foi negado pelo tribunal, mas autorizou a liberação dos documentos para a realização de uma auditoria própria.

Carlos Sampaio afirmou que a revisão dos dados trará confiança ao processo eleitoral, e que só a auditoria poderá sanar as desconfianças.