Nova ofensiva

PSDB apresenta nesta 4ª ao TSE pedido de cassação do 2º mandato de Dilma, diz Folha

Segundo informações da coluna Painel, da Folha, o partido alegará abuso de poder político na campanha

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O PSDB decidiu apresentar nesta quarta-feira (17) ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) um pedido de cassação do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff através de uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral. Segundo informações da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, o partido alegará abuso de poder político na campanha.

E o PSDB usará entre outros exemplos para justificar a representação a suspeita de que os Correios favoreceram a entrega de material gráfico da candidatura do PT. A ação precisa ser apresentada antes da diplomação de Dilma, marcada para esta quinta (18).

O jornal destacou ainda que o tipo de ação é de competência do corregedor-geral eleitoral João Otávio Noronha, conhecido por ter boas relações com o PSDB.

PUBLICIDADE

Além da ação de investigação, o partido também fará representação por irregularidades no financiamento de campanha e ação de impugnação do mandato eletivo. Segundo o jornal, os tucanos – que vem dizendo que não incentivarão movimentos pelo impeachment de Dilma – quer ter essas ações como “carta na manga” se for comprovada a ligação das contas de campanha com o escândalo de corrupção na Petrobras e, assim, pedir a cassação.

No início de outubro, antes do primeiro turno das eleições presidenciais, foi informado que o PSDB começava a reunir provas para pedir a cassação dos registros de Dilma e do então candidato ao governo de Minas Gerais (que foi eleito no primeiro turno) Fernando Pimentel.