PSDB antecipa propaganda para anúncio da candidatura de José Serra

Em evento, Serra fala como governador em fim de mandato e dá mais sinais de que deve deixar o cargo no final desse mês

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Anteriormente prevista para ser exibida ao longo de março e maio, o PSDB de São Paulo decidiu concentrar no final deste mês a propaganda do partido, de modo a coincidir com a data do anúncio oficial da pré-candidatura de José Serra à Presidência da República.

Na tarde desta sexta-feira (5), o governador de São Paulo deu mais um sinal de que deve mesmo deixar o cargo ao final desse mês – prazo máximo para que candidatos a cargos eletivos deixem seus mandatos na administração pública. Em evento de assinatura de contratos do programa Vila Dignidade, Serra abraçou idosos e posou para filmagens, mas a pista mais importante foi o tom usado durante o discurso, com ares de fim de mandato: “pegamos o Dose Certa com menos de 40 medicamentos e vamos deixar com mais de 70”, afirmou. Questionado, o governador se corrigiu, e afirmou que se referia ao período “deste governo”. 

Estratégia de campanha
Segundo informou a FolhaOnline, o presidente do PSDB paulista, Antonio Mendes Thame, disse que, a partir de abril, começa a pré-campanha. Nos dez minutos a que tem direito neste mês e em junho, a legenda deve mostrar um balanço do governo de José Serra, com o governador paulista como protagonista da propaganda.

Aprenda a investir na bolsa

Ainda segundo Mendes Thame, Serra irá aproveitar o período pré-campanha para visitar outros Estados, ao aceitar convites de outros políticos, que não puderam ser atendidos até agora pelo fato de Serra estar preso ao governo paulista. “Qualquer lugar que esteja, ele é um fato político”, emendou o presidente do PSDB paulista.