Eleições

PSB oficializa candidatura de Marina Silva à presidência

A antes vice na chapa de Eduardo Campos já estava sendo sondada para ser oficializada como candidata, mas ainda esbarrava em algumas divergências dentro do partido

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Com 5 horas de atraso em relação ao que era esperado, Marina Silva foi oficializada como a candidata a presidência pelo PSB nesta quarta-feira (20), sete dias após a morte trágica de Eduardo Campos. A antes vice já era dada como substituta certa como candidata, mas ainda esbarrava em algumas divergências dentro do partido.

A confirmação foi dada em entrevista a repórteres logo após a reunião do partido. O vice-presidente na chapa de Marina será o deputado Beto Albuquerque (PSB-RS). A dobradinha “Marina-Albuquerque” foi aprovada com unanimidade durante a reunião.

O anúncio da chapa foi feito ontem pelo presidente do PSB, Roberto Amaral, em entrevista coletiva em Recife, seguido por uma nota do partido oficializando a decisão, que foi sacramentada em reunião da Executiva Nacional da legenda na tarde de hoje em Brasília. O mercado esperava que o anúncio fosse feito por volta das 15h, mas segundo o coordenador adjunto da campanha, Walter Feldmann, disse ao InfoMoney, o anúncio foi postergado para que eles pudessem avaliar o impacto da novidade no mercado.

PUBLICIDADE

Confira a página de Eleições do InfoMoney e fique por dentro das pesquisas eleitorais, agenda dos candidatos e as principais notícias sobre política