Começam as especulações

PSB começa a especular ministérios de Marina, diz colunista; lista inclui Suplicy e Serra

Folha de S. Paulo ressalta que já começaram a ser especulados nomes para o ministério da candidata do PSB, apesar da candidata se negar a tratar do assunto

SÃO PAULO – A colunista da Folha de S. Paulo Mônica Bergamo, destacou que já começaram as apostas para saber quem integrará o ministério de Marina Silva, apesar da candidata do PSB se negar a falar sobre o assunto. 

A coluna conversou com dirigentes partidários que tem convivido com a ex-senadora de forma intensa, que destacaram que Marina fará um governo “tipo Itamar Franco, de transição”. E, ao repetir que convocará o “banco de reservas” de cada partido e elogiar nomes como José Serra (PSDB), Pedro Simon (PMDB), Cristovam Buarque (PDT) e Eduardo Suplicy (PT), a candidata já teria sinalizado a sua lista de ministeriáveis, no entendimento de um dos dirigentes.

Dentre os nomes, Walter Feldman (Rede-SP) iria para o ministério da Casa Civil, o vice Beto Albuquerque (PSB-RS), estaria em Transportes, Cristovam Buarque (PDT-DF) iria para a Educação e José Serra (PSDB-SP) para a Saúde. Eduardo Suplicy (PT-SP) iria para a pasta de Direitos Humanos, Sérgio Xavier (PV-PE) para o Meio Ambiente, João Paulo Capobianco (Rede) para o ministério das Cidades e Eduardo Giannetti para a Fazenda.

PUBLICIDADE

Miro Teixeira (PROS-RJ) iria para o Ministério da Comunicação, enquanto Neca Setúbal (Rede) para a Cultura, Luiza Erundina (PSB-SP) para o Desenvolvimento Social, Roberto Freire (PPS-SP) para a Justiça. Por fim, Pedro Simon (PMDB-RS) iria para as Relações Exteriores.