Próximo movimento da Fed Funds Rate será para cima, diz conselheira de Soros

Karin Lissaker projeta mais um ou dois aumentos do juro básico norte-americano; talvez no curto prazo

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Diferentemente da aposta majoritária do mercado, Karin Lissaker, conselheira do mega investidor George Soros, acredita que a próxima alteração na taxa básica de juro da economia norte-americana será para cima.

Segundo declarações dadas por ela em conferência na Irlanda, dadas as atuais condições, o Fomc será obrigado a elevar a Fed Funds Rate mais uma ou duas vezes. Ou seja, o juro básico dos EUA passaria dos atuais 5,25% para até 5,75% ao ano.

Até no curto prazo é possível

Tendo em vista o atual patamar do índice Dow Jones – atualmente em inéditos 12 mil pontos -, Lissaker salientou que, caso os mercados mostrem uma “exuberância” suficiente para impulsionar os gastos com consumo e modificar o comportamento corporativo, o que causaria impactos relevantes sobre os preços, um aperto monetário adicional poderia vir ainda no curto prazo.

Aprenda a investir na bolsa

Muito embora o posicionamento esteja em desacordo com a maioria dos economistas, que projeta um afrouxamento da política monetária norte-americana em 2007, é interessante lembrar que tem sido recorrente os membros do Fomc alertarem para o desconforto com o atual patamar do núcleo da inflação.

Pouso suave

O cenário projetado por Lissaker, no entanto, não é tão pessimista e, para ela, a economia norte-americana passará por um soft landing. “Não vejo razões para uma desaceleração abrupta dos EUA”, afirmou.