Projeto prevê a neutralização das emissões de gases estufa na Copa de 2014

Projeto determina que todas as emissões decorrentes de eventos, planejamento e divulgação da Copa deverão ser neutralizadas

SÃO PAULO – As emissões de gases de efeito estufa, decorrentes das atividades de planejamento, divulgação e realização de eventos relacionados à Copa do Mundo de 2014, deverão ser neutralizados com ações de compensação.

Isso é o que determina o projeto de lei 46/08, do senador Expedito Júnior (PR-RO), que tramita na Comissão de Educação, Cultura e Esporte. Segundo a Agência Senado, o projeto define que o cálculo das emissões a serem compensadas deverá “seguir metodologia aprovada pelo órgão governamental competente, conforme regulamento”.

Compromisso brasileiro

Para Expedito, o projeto procura explicitar para a comunidade internacional o compromisso brasileiro com o combate ao aquecimento global, além de mostrar “aos brasileiros a importância do assunto, associando atitudes ambientalmente sustentáveis ao esporte nacional: o futebol”.

PUBLICIDADE

O Senador também lembra que, pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, de 1992, cada país deve adotar medidas que contribuam para a mitigação das emissões de gases de efeito estufa.