Projeto de capitalização da Petrobras tem votação adiada para 10 de novembro

Membros da comissão especial que analisa a operação acataram um pedido de adiamento feito pelo líder do PR, Sandro Mabel

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A comissão especial que analisa o projeto de capitalização da Petrobras (PETR3, PETR4) optou por adiar a votação e a discussão do relatório do deputado João Maia (PR-RN) para a próxima terça-feira (10) às 11h00 (horário de Brasília).

Os deputados que fazem parte desta comissão acataram um pedido de adiamento feito pelo líder do PR (Partido da República) na Câmara, Sandro Mabel (GO). De acordo com Mabel, a bancada de seu partido ainda quer discutir alguns pontos do projeto.

Projeto visa excluir cotistas

Sendo uma das quatro propostas que tramitam no novo marco regulatório do setor explorador de petróleo e gás, a capitalização da Petrobras visa aumentar a capacidade da companhia em explorar a região do pré-sal.

Aprenda a investir na bolsa

A proposta de Maia busca proibir que trabalhadores já cotistas da empresa possam realizar a subscrição de novas cotas por meio de saques das contas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Segundo o texto do deputado, os trabalhadores poderão participar do aumento de capital da companhia apenas com recursos próprios.