Procuradoria da Câmara do DF acata dois pedidos de impeachment contra Arruda

Pedidos aceitos serão encaminhados para análise na CCJ; presidente da Câmara decidirá sobre outros 6 pedidos

SÃO PAULO – A Procuradoria da Câmara Legislativa do Distrito Federal aceitou apenas dois dos oito pedidos de impeachment contra o governador do DF, José Roberto Arruda (DEM), protocolados nesta semana.

Os pedidos que devem ter prosseguimento são de autoria do advogado Evilásio Viana dos Santos e do presidente do PT-DF, Chico Vigilante. O requerimento de Vigilante também inclui o vice-governador Paulo Octávio (DEM).

Cabe agora ao presidente da Câmara a palavra final sobre os outros seis requerimentos, apresentados por PSB, PSOL, PT, CUT, um advogado e uma associação de pastores evangélicos.

PUBLICIDADE

Os pedidos aceitos serão lidos em plenário e encaminhados para análise na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), que não tem prazo para se manifestar. Para a aprovação, é necessária maioria simples, mas há somente um deputado da oposição na Comissão, Chico Leite, do PT.

Arruda é suspeito de participar de um esquema de pagamento de propina a parlamentares da base aliada na Câmara Legislativa do DF. O governador alega inocência diante das acusações.