Segundo LCA

Processo de impeachment de Dilma, o que poderá ocorrer nesta semana?

Acórdão sobre rito de impeachment publicado no STF, homologação da delação de Delcídio, obstrução de trabalhos na Câmara e convenção do PMDB são destaques, aponta a LCA Consultores

SÃO PAULO – Em meio a semana passada bastante explosiva em meio à delação premiada não-homologada de Delcídio do Amaral (PT-MS) e a 24ª fase da Operação Lava Jato tendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, muitas casas de análise passaram a ver como mais provável a saída da presidente Dilma Rousseff.

E, nesta semana, conforme destaca a LCA Consultores, há alguns eventos que podem avançar o processo de impeachment contra a presidente. 

Durante a semana, aponta a LCA, o STF (Supremo Tribunal Federal), através do ministro Luís Roberto Barroso, poderá publicar o acórdão que definiu o rito do impeachment, este último ocorrido em dezembro.

PUBLICIDADE

“Essa publicação é importante para o processo de impedimento da Presidente, pois permitirá ao Supremo o julgamento dos recursos do Presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), contra a decisão do rito. Sem esse julgamento, Cunha se nega a instalar a comissão que pediu a abertura do processo de impeachment no final do ano passado”, afirma a consultoria.

Além disso, no âmbito do STF, o ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo, poderá homologar a delação premiada do senador Delcídio Amaral, que contém importantes e graves informações contra Dilma e Lula e que poderão ser usadas pelo Ministério Público após a homologação. 

Na última quinta-feira, a  Isto É divulgou a delação não-homologada de Delcídio. O senador afirmou, segundo a reportagem, que a presidente Dilma Rousseff tentou interferir na Operação Lava Jato ao conversar com auxiliares e nomear ministros para tribunais superiores – principalmente o STJ (Superior Tribunal de Justiça) – favoráveis às teses das defesas de acusados, em uma tentativa de ajudar empreiteiras e políticos alvos da Operação. Já  Lula teria sido responsável por marcar uma conversa entre o senador e o filho de Nestor Cerveró, Bernardo, que acabou culminando na prisão do senador no âmbito da Lava Jato. Lula teria sido o mandante do pagamento de dinheiro para comprar o silêncio das testemunhas.

Por sua vez, destaca a LCA, a oposição poderá obstruir os trabalhos na Câmara como forma de pressionar pela instalação da comissão que examinará o pedido de abertura do processo de impeachment.

Além disso, destaque para a convenção do PMDB no próximo sábado (12). Segundo aponta a consultoria, esta será uma boa oportunidade para avaliar a visão do partido no que diz respeito ao seu apoio ao governo Dilma após os eventos do final da semana passada.

InfoMoney faz atualização EXTRAORDINÁRIA na Carteira Recomendada; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa