Primeiro-ministro japonês irá reformar Gabinete e mudar membros

A decisão final deverá sair até o dia 29 de julho. O governo também deve anunciar novos planos de ação

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O primeiro-ministro japonês, Yasuo Fukuda, irá realizar uma reforma do Gabinete de seu governo, segundo divulgou o site de notícias Asahi Shimbun. A mudança seria uma forma de tentar melhorar a avaliação dos japoneses sobre o governo atual.

A reforma deve ocorrer em agosto deste ano, em uma sessão extraordinária. Quando assumiu o cargo, Fukuda manteve 15 dos 17 ministros da administração anterior, de Shizo Abe. A decisão final sobre a reforma deve ser anunciada no dia 29 de julho.

Planos de ação

Ainda segundo a publicação, o primeiro-ministro instruiu sua equipe a preparar planos de ação em cinco áreas, incluindo política para a terceira idade e auxílio médico. Os planos devem ser anunciados ainda neste mês.

PUBLICIDADE

Fukuda está de férias desde a última quarta-feira (16). Durante a reforma, o principal foco de atenção será a decisão de manter ou não o chefe do Gabinete, Nobutaka Machimura, ou o ministro da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social, Yoichi Masuzoe.