AO VIVO Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Primeiro-ministro do Japão deixa de declarar ganhos na bolsa valores de 2008

Hatoyama vendeu ações no valor de 72 milhões de ienes e disse não notar que sua contabilidade não havia declarado

SÃO PAULO – O primeiro-ministro do Japão, Yukio Hatoyama, deixou de declarar 72 milhões de ienes ganhos com a venda de 151 mil ações na bolsa em 2008. O porta-voz do gabinete de Hatoyama afirmou que esta é uma questão pessoal do premiê e que o erro já foi corrigido e os impostos devidos foram pagos.

Hatoyama já havia sido acusado pela oposição de falsificar relatórios sobre financiamentos políticos, nos quais uma lista de doadores incluía nomes de pessoas que já estavam mortas ou que negavam ter feito qualquer contribuição, informa o site Breitbart.com.

Desculpas

Em comunicado ao congresso japonês, o primeiro-ministro pediu desculpas e disse que não havia percebido o que estava acontecendo em seu escritório e que havia vazado informações a algumas pessoas, incluindo a responsável por sua contabilidade.

PUBLICIDADE

O político herdou de seu avô, fundador da fabricante de pneus Bridgestone, cerca de 3,5 milhões de ações da multinacional. As ações vendidas em 2008 e não declaradas, no entanto, eram de pelo menos dez companhias diferentes.