Lava Jato

Preso na Lava Jato, ex-presidente da OAS fez favores a Lula, diz revista Veja

Ex-presidente da construtora OAS, Léo Pinheiro, cogita fazer delação premiada e pode comprometer o ex-presidente da República

SÃO PAULO – A edição do último fim de semana da revista Veja afirma que o ex-presidente da construtora OAS, Léo Pinheiro, cogita fazer delação premiada e pode comprometer o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, de quem seria amigo pessoal.

Pinheiro, afirma a revista, está preso desde novembro e passa os dias montando a estrutura do que poderia ser seu depoimento no acordo de delação premiada. 

A revista afirma que Pinheiro fez alguns “favores” a Lula como, por exemplo, a reforma de um sítio a pedido do ex-presidente, localizado em Atibaia (SP). O sítio Santa Barbara pertence aos empresários João Suassuna e Fernando Bittar – sócios de Fábio Luís da Silva, o Lulinha, filho do ex-presidente e, segundo a publicação, Lula costuma pescar na propriedade. E o sítio é identificado por políticos e amigos como sendo do ex-presidente.

PUBLICIDADE

Além disso, Pinheiro teria feito um outro “favor” a Lula, ao incorporar prédios inacabados da Cooperativa dos Bancários (Bancoop), uma entidade ligada ao PT a pedido do ex-presidente. A OAS concluiu no início do ano a construção do Edifício Solaris, da Bancoop, prédio na praia do Guarujá (SP). Lula e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, também preso na Lava Jato, possuem apartamentos no empreendimento.

Por fim, o ex-presidente da OAS teria ajudado a  ex-chefe do escritório da Presidência da República e amiga de Lula Rosemary Noronha. Rosemary – que deixou o cargo em 2012 após uma investigação da Polícia Federal identificá-la como integrante de um grupo que venderia facilidades ao governo – recebeu uma ajuda para que seu marido conseguisse um emprego. Lula pediu a Pinheiro que ajudasse João Batista, um pequeno empresário da construção civil a conseguir uma boa colocação.

Apesar das informações, a revista ainda não informou se a delação premiada será efetivada.