Presidente Lula se preocupa com desgaste do Senado diante de escândalos

"Se você tem uma novidade, por menor que ela seja no jornal, você vai criando um desgaste na instituição", afirmou

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou nesta terça-feira (28) que é preciso evitar o desgaste no Senado Federal. Segundo o presidente, a Casa tem “maioridade para resolver o seu problema. O que não pode é deixar a coisa esticar, esticar, porque a cada dia, se você tem uma novidade, por menor que ela seja no jornal, você vai criando um desgaste na instituição”.

Lula demonstrou insatisfação com a atual onda de escândalos pela qual o Senado vem passando. “Penso que agora, quando voltarem do recesso, as senadoras e os senadores têm de se reunir e dizer o que eles querem do Senado. Não é possível as pessoas permitirem que a instituição vá sofrendo um desgaste, porque isso mata as pessoas e mata a instituição”, afirmou.

Lula x Crise

Desde o início da crise no Senado, o presidente Lula tenta não se envolver no assunto, julgando que a instituição tem autonomia e capacidade suficientes para conduzir as investigações sobre os atos secretos com eficiência.

Aprenda a investir na bolsa

O partido governista, entretanto, se divide quanto ao seu posicionamento frente ao caso. Na última semana, o líder do PT no Senado declarou, em nota, que a bancada petista era a favor da saída de José Sarney (PMDB-AP) da presidência da Casa. Já o ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, afirmou que o governo apoia a permanência de Sarney no comando do Senado.