Presidente Lula faz críticas quanto ao nível dos debates no Senado

"O nível do debate está abaixo da média de compreensão da nossa sociedade, porque são todas pessoas formadas", disse Lula

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou nesta quarta-feira (12) que “o nível de debates” no Senado “está abaixo da média de compreensão da nossa sociedade”. Para Lula, a instituição, que deveria ser utilizada para discutir assuntos relevantes para a sociedade, está sendo palco para agressões entre os senadores.

“Vamos ver os debates que estão acontecendo no nosso querido Senado, que é uma instituição tão importante para a democracia no nosso país. Recentemente, o nível do debate está abaixo da média de compreensão da nossa sociedade, porque são todas pessoas formadas e todas acima de 35 anos de idade”, afirmou o presidente.

Lula ainda fez críticas ao conteúdo da televisão no País, que considera pouco construtivo: “Em vez de prestar atenção ao que a televisão está transmitindo e que poderiam agir de forma mais civilizada, as pessoas se agridem, de tal modo que mesmo o cidadão que gosta muito de política fica sem compreender o que está acontecendo”, afirmou.

Crise no Senado

PUBLICIDADE

O discurso de que a televisão poderia agir de forma mais civilizada pode ser entendido pelas diversas denúncias que estão surgindo na imprensa acerca da crise no Senado. Desde as primeiras acusações de atos secretos na Casa, o presidente da República aderiu postura neutra, sempre alegando que a instituição detinha poderes suficientes para resolver seus problemas.

No entanto, a indecisão do PT, partido de Lula, sobre a permanência do atual presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), em seu cargo, está dominando as pautas nos últimos dias, principalmente após o arquivamento de todas as representações feitas contra Sarney no Conselho de Ética da Casa.