Problemas

Presidente do Senado diz que não votará PIS/Cofins hoje porque a pauta está travada

Segundo ele, a "pauta está trancada por causa da chegada ontem de várias medidas provisórias que vieram na última hora, como sempre faz a Câmara"

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Eunício Oliveira, presidente do Senado, disse na manhã desta quinta-feira (24) ao site Poder360 que o plenário não vai conseguir votar o projeto de lei da reoneração da folha de pagamentos e da retirada do PIS/Cofins do diesel. O texto foi aprovado na última quarta-feira (23) pela Câmara dos Deputados.

Segundo ele, a “pauta está trancada por causa da chegada ontem de várias medidas provisórias que vieram na última hora, como sempre faz a Câmara, e que o Senado tem a obrigação constitucional de analisar de acordo com o que determina o regimento”.

Sem dar nenhum prazo, Eunício apenas afirmou que “é impossível” votar o projeto da reoneração agora. “Não vou desrespeitar o regimento e ficar aqui apenas agradando deputados e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia“, disse ao portal.

PUBLICIDADE

Com isso, dificilmente chegará ao fim a greve de caminhoneiros que ocorre em todo o país. O presidente da Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros), José da Fonseca Lopes disse mais cedo que a greve só chegará ao fim quando houver ato formal do governo com a publicação de isenção de impostos no diesel no Diário Oficial da União. “Se não acontecer nada hoje, amanhã para tudo”, afirmou.