Rui Falcão

Presidente do PT diz esperar que CEO da Petrobras mantenha linha de gestão

Em entrevista à Bloomberg, Rui Falcão disse que o novo presidente da estatal deve manter a linha de condução que vinha sendo realizada por Graça Foster; ações caem 7%

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O presidente do PT, Rui Falcão, disse em entrevista à Bloomberg que o partido espere que o novo presidente da Petrobras (PETR3PETR4) mantenha a linha de condução da empresa mantida pela ex-CEO, Graça Foster. Ele disse que os projetos da estatal devem continuar a ter conteúdo nacional, que a lei de partilha para a exploração do petróleo deve ser mantida e que qualquer tentativa de privatizar a companhia deve ser rejeitada.

Outras das diretrizes que deve ser prioridade para a companhia depois da troca de CEO, para o presidente do partido, é a manutenção da Petrobras como única operadora do pré-sal. 

A entrevista de Falcão foi realizada antes da confirmação de que Aldemir Bendine, do Banco do Brasil (BBAS3), foi o indicado pela presidente Dilma Rousseff (PT) para o lugar de Graça na presidência da petroleira.

PUBLICIDADE

O mercado não reagiu positivamente ao nome de Bendine e, as ações ordinárias e preferenciais da empresa fecharam em queda de 6,52%, a R$ 9,03 e 6,94%, a R$ 9,12, respectivamente.