RADAR INFOMONEY AO VIVO Petrobras anuncia plano para 2021 a 2025 e mercado não gosta; assista

Petrobras anuncia plano para 2021 a 2025 e mercado não gosta; assista

Presidente do Egito pede que ministros se demitam e promete reformas

Hosni Mubarak faz seu 1º discurso após o início da onda de protestos no país, que já resultaram na morte de ao menos 11 pessoas

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente do Egito, Hosni Mubarak, fez seu primeiro pronunciamento na televisão estatal após o início da onda de protestos contra o seu governo no país, que já duram quatro dias. Prometendo reformas políticas e econômicas, Mubarak pediu para que todos os ministros entregassem seus cargos, querendo apresentar um novo gabinete já neste sábado (29).

O presidente voltou a afirmar que os acontecimentos no país fazem parte de um esquema para desestabilizar seu governo. Reforçando que está firmemente comprometido nas reformas do país, Mubarak disse que está determinado para instaurar estabilidade no Egito.

Sobre as manifestações vistas nos países vizinhos, tais como na Túnisia, onde a revolta da população veio por derrubar do poder o governo local, o presidente há 30 anos no comando do Egito disse que os problemas locais “não podem ser tratados por meio da violência e do caos”. O discurso foi realizado por volta da meia-noite no horário local (20h, no horário de Brasília).

Aprenda a investir na bolsa

Mortos passam de 10
Nos últimos dias, uma sequência de manifestações tem mobilizado parte da população egípcia, que pede a saída do presidente Mubarak do poder. Até a última quinta-feira (27), ao menos cinco pessoas haviam morrido em confrontos com a polícia. Já nesta sexta-feira (28), com a tropa do exército do país nas ruas, foram confirmadas a morte de mais seis pessoas, além de outras centenas de presos e feridos.