De volta?

Presidente do BC na “era Lula”, Meirelles pode voltar ao governo, diz jornal

Segundo informações do Correio Braziliense, Meirelles pode voltar a ser presidente do BC ou entrar no Ministério da Fazenda no lugar de Guido Mantega

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – De acordo com informações extra-oficiais do jornal Correio Braziliense, começou a ganhar corpo no mercado financeiro os rumores de que Henrique Meirelles, atual presidente do conselho consultivo da J&F e ex-presidente do Banco Central, estaria de volta ao governo.

Entretanto, qual cargo ele ocuparia ainda seria incerto. Ele poderia substituir ou o ministro da Fazenda, Guido Mantega, ou o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, que o sucedeu na presidência da autoridade monetária em 2011.

Meirelles esteve na semana passada no Instituto Lula, em São Paulo, para encontro com o ex-presidente, de acordo com informações do jornal. Depois do encontro, Lula comentou que o ex-presidente do BC poderia ser útil ao governo.

Aprenda a investir na bolsa

Dilma Rousseff estava em São Paulo na mesma data e há rumores de que ela teria se encontrado com Meirelles, o que ele nega. Apesar das notícias, parlamentares e funcionários de confiança do Executivo consideram muito improvável que o ex-presidente do BC venha a ocupar algum cargo importante, ressalta o jornal, em meio às divergências profundas no campo econômico que Meirelles e a presidente apresentam. 

Contudo, o mercado viria com melhores olhos a entrada de Meirelles em algum alto cargo no governo Dilma, ainda mais em um cenário em que a inflação vem crescendo. Isso porque o ex-presidente do BC se apresenta como mais “rígido” em relação aos cumprimentos da meta de inflação do que o seu sucessor – Tombini. Assim, a sua volta ao Banco Central já traria efeitos na condução das expectativas.